Conheça 3 Segredos para perder peso!

Dificuldade para perder peso? Conheça  3 segredos que pode te ajudar!

 

Sabe aquela frase “Querer é poder”? Não é verdade!

A frase certa é “agir é poder”, ou seja: Se queres algo, Acredite! Ajá! Faça acontecer!

Podemos aplicar isso também àqueles que querem perder peso. Se você pensar que não vai conseguir emagrecer, você não vai emagrecer.

Um estudo americano avaliou o estilo de vida de mais de 8000 pessoas e constatou que aqueles que encaravam os genes como únicos influenciadores do peso, tendiam a comer pior e a se exercitar menos. Também exibiam um índice de massa corporal maior quando comparados a indivíduos que viam um potencial emagrecedor nas suas escolhas diárias

OU seja, Em vez de arrumar uma desculpa por não emagrecer, o melhor é acreditar que é possível e buscar a melhor forma de  fazer isso.

É claro que alguns têm mais dificuldades com a balança, mas sempre há uma maneira de vencer os obstáculos se não se entregarem e deixarem de buscar o melhor.

Veja alguns pontos que podem complicar a vida daqueles que se entregam e  desistem facilmente:

Se a pessoa acredita que para ela é impossível emagrecer, ela vai…

…Ver menos os rótulos E a única maneira de identificar o “teor engordativo” de um item à venda é observando a sua tabela nutricional. Alguns, simplesmente vão ao mercado, pegam o que gostam e não se importam com mais nada, apenas, com o prazer momentâneo do sabor do alimento. E assim acabam por ferrar com a saúde e com o objetivo de perder peso.

…Ter poucos vegetais e outros alimentos saudáveis disponíveis em casa – Aí restam poucas opções magras e nutritivas para matar a fome e a tendência será comer qualquer guloseima que encontrar pela frente, não é?

…Comer mais em restaurantes – Nesses lugares, o risco de exagerar e escolher alimentos calóricos aumenta. Pode até ser mais prático devido a vida corrida que temos hoje, porém será mais difícil escolher os alimentos mais saudáveis.

…Não se exercitar — Sem atividade física rotineira, manter a forma ou perder peso é uma missão quase – senão-  impossível.

 

E aqueles que tentam de tudo, mas não conseguem perder peso?

Podem estar cometendo alguns desses erros:

1 —  Fazer dietas rigorosas demais.

A maioria delas impede o consumo de nutrientes essenciais como carboidratos, proteínas e gorduras. Sem contar que são difíceis de serem mantidas por muito tempo. Com isso elas se tornam prejudiciais à saúde, pois as refeições deixam de ser balanceadas. E uma alimentação saudável e balanceada é melhor que qualquer dieta restritiva.

Como controlar o peso sem fazer dietas

 

2– Pular refeições

Um erro clássico de quem quer emagrecer. Muitos acreditam que pulando o café da manhã ou o jantar, por exemplo, vão comer menos e com isso emagrecer. Na verdade, isso só vai atrapalhar o emagrecimento e ainda pode causar desnutrição e consequentemente, problemas sérios de saúde. Segundo especialistas, é importante comer de 3 a 5 refeições ao dia, mesmo aqueles que não estão preocupados em emagrecer.

Leia o artigo: Como melhorar o resultado dos exercícios comendo”

3– Traçar metas impossíveis

Perder muitos quilos em pouco tempo é uma meta difícil de ser alcançada e também de manter em longo prazo.

Não trace metas impossíveis para não se desanimar. Existem por aí muitos profissionais e produtos que prometam milagres. Tome cuidado! Não adianta nada fazer um sacrifício quase que impossível.

Afinal, se você emagrece de maneira “forçada”, tenha certeza que muito em breve vai ter os quilinhos perdidos de volta e pior: uma dificuldade maior para perdê-los novamente.

Tenha sempre em mente que o importante é emagrecer de forma saudável para evitar problemas de saúde e também o ganho do peso perdido.

4 –Ser obcecada pela balança.

3 segredos para emagrecer
Subir na balança com frequência pode causar ansiedade e desânimo em quem quer perder peso. O emagrecimento saudável é progressivo e lento, mas evita problemas de saúde como a desnutrição e obesidade.

Saiba mais sobre os segredos do emagrecimento saudável neste Vídeo!

5– Relaxar depois de perder peso.

Pessoas com tendência a engordar não perderão essa característica depois de emagrecer. A alimentação saudável e a prática de atividade física deverão ser seguidas pelo resto da vida, independentemente do peso. Hábitos saudáveis são importantes não apenas para perder peso como também para prevenir diversas doenças e melhorar a qualidade de vida.

7– Exagerar nas atividades físicas.

segredos para perder peso

 

 

Outro erro bem comum: achar que exagerar nos exercícios pode trazer resultados mais rápidos.

É bom ter cuidado, pois isso pode causar lesões e problemas de saúde. Não é raro ver pessoas que se acabam na academia com tantos exercícios, emagrecem muito, mas logo depois recuperam o peso perdido.

Os 3 segredos para perder peso de verdade, com saúde e segurança:

Para emagrecer de vez e de forma saudável, você tem que estar com a mente alinhada ao seu propósito:

1 > Emagrecer de verdade ou apenas naquele momento?

Às vezes vemos pessoas que querem emagrecer rápido, para um casamento ou para um evento pontual.

Será isso mesmo que você busca para sua vida? Será que você quer se sentir bem, ter orgulho de olhar no espelho e se sentir maravilhosa, apenas no casamento ou em uma festa?

Ou seria melhor você se sentir bem TODOS OS DIAS. Se sentir admirada todos os dias. Se sentir leve todos os dias. Usar aquela calça jeans que você ADORA, e que há tempo estava no fundo da gaveta.

O primeiro segredo então  é: Queira emagrecer de verdade!

2 > Escolha o caminho certo.

Antes de decidir trilhar o caminho do emagrecimento verdadeiro e perder peso de vez, escolha o Caminho Correto a trilhar.

O que você escolheria: caminhar a passos largos na direção certa, ou correr na direção errada?

Por caminho correto podemos pensar na alimentação adequada e saudável para perder peso, exercícios apropriados, a ajuda de profissionais da saúde e educação física etc…

O segundo segredo: Escolher o caminho certo (pesquisar e decidir qual a melhor maneira de perder peso para o seu caso)

 3 > Consistência versus persistência

Qual a diferença entre elas?

Persistência é você, por exemplo, tentar emagrecer toda segunda-feira, e nos outros dias, voltar a se alimentar com alimentos industrializados ou carboidratos ruins. Ou seja, você está sendo PERSISTENTE, mas não consistente.

Ser CONSISTENTE significa você escolher o caminho certo para perder peso, como falamos a pouco, e independentemente dos obstáculos que possam aparecer neste caminho, você estará sempre firme em sua caminhada, sempre com o objetivo em mente, disposta a vencer e a ter o corpo esbelto e saudável, e por consequência, sempre de bem consigo mesma.

O terceiro segredo: Ser consistente (determinar qual a melhor meio para perder peso e não desistir se houver obstáculos no caminho)

Portanto, antes de trilhar qualquer caminho rumo ao emagrecimento, TENHA EM MENTE o que falamos aqui, principalmente os 3 segredos da perda de peso saudável.


 

 

 

Como melhorar o resultado dos exercícios comendo.

Alguns alimentos são capazes de melhorar o resultado dos exercícios.

Quais são e como tirar proveito deles?

Falar de atividade física envolve falar dos músculos, então, começamos por eles.

Os músculos são muito exigentes e não poderia ser diferente, afinal, eles desempenham um papel importantíssimo no corpo. Principalmente quando nos exercitamos e depois, no processo de reparo e crescimento eles – os músculos – têm preferência por determinados  nutrientes. Este apetite mais apurado não é frescura, pois os grupos musculares só se desenvolvem direito se receberem estímulos vitaminados.

Antes do treino, precisamos estar bem nutridos para que  aconteça a queima de gordura e não de massa magra (músculos)

Implica dizer que a ideia de que exercitar-se em jejum emagrece é uma roubada. Vai consumir a sua massa magra e isso não é legal.

Alguns alimentos contribuem muito para dar uma força à musculatura na hora do treino, quer dizer, você pode ter melhores resultados das atividades físicas comendo.

Quais alimentos podem bombar o seu treino?

Um deles é a beterraba.

Ela é rica em nitrato, substância precursora de óxido nítrico.

O óxido nítrico faz as artérias relaxarem e isso aumenta o fluxo sanguíneo e o envio de oxigênio para os músculos.

Assim você cansa menos ao malhar ou correr.

Pesquisadores do Reino Unido confirmaram  isso oferecendo suco de beterraba a jogadores de futebol e rúgbi e o resultado foi que os atletas tiveram ganho na performance e foram mais ágeis para bolar as jogadas.

Outra dica interessante é associar a beterraba a frutas como a melancia. Sendo ricas em carboidratos de absorção rápida, elas geram energia. Por isso são indicadas antes da atividade aeróbica.

O açaí puro ou um suco de laranja também são opções que dão disposição extra na hora do treino.

Proteínas

Após atividade física intensa, é recomendado ingerir proteínas até 40 minutos após o treino. Isso ajudará na reparação e no crescimento da musculatura. A estrela do time proteico é o leite desnatado. O educador físico Antônio Lancha, da Universidade de São Paulo, diz que o uso do leite em pó garante melhor absorção das proteínas. Se batê-lo com frutas, ainda há a vantagem de repor carboidratos, sais minerais e vitaminas.

Importante lembrar que devemos cuidar da alimentação o tempo todo e não apenas na hora e dia de malhar. Em todas as refeições, é preciso ser criterioso(a). Afinal, os nutrientes fornecidos ao longo do dia também impactam na construção e na manutenção da massa magra. A atenção a isso pode começar logo ao acordar. Trocar o pão branco pelo integral  já é um passo importante.

As fontes de proteínas também não devem ser restritas ao pós-treino.

A carne vermelha deve ser considerada aqui, por conter proteínas de altíssima qualidade. Além do nutriente que fortalece os músculos, ela proporciona boa quantidade de vitaminas do complexo B, ferro, magnésio e cálcio.

E dá para aproveitar apenas o lado bom da carne vermelha evitando a gordura prejudicial. Consuma de maneira moderada. 4 bifes por semana são suficientes para usufruir dos seus benefícios.

Incluir fontes de proteínas também nos pequenos lanches é interessante.

Além dos lácteos, podemos incluir as castanhas e sementes como a chia e a linhaça que podem ser usadas para enriquecer a salada de frutas, por exemplo.

Incluir os cítricos como laranja e limão, que são antioxidantes e ajudam a eliminar os radicais livres (moléculas que impulsionam o envelhecimento celular) produzidos durante os exercícios.

Exagerou na malhação? Para se restabelecer mais rápido dum treino puxado, o açafrão não pode faltar. Ele é rico em curcumina e é anti-inflamatório. Seu efeito pode favorecer qualquer pessoa que tenha exagerado nos treinos. Mesmo o pó industrializado, vendido em supermercados traz benefícios, segundo o Nutricionista João Felipe Mota da Universidade Federal de Goiás.

Óleo de coco

O óleo de coco é rico em ácido láurico, um composto que parece auxiliar no relaxamento dos vasos sanguíneos. Com isso, haverá maior fluxo de nutrientes correndo para os músculos.

Eu costumo tomar um colher de sobremesa todo dia, além de usá-lo para temperar saladas e cozinhar e me sinto bem usando-o.

Por suportar altas temperaturas ele pode ser usado até no cozimento de alimentos sem sofrer alteração, o que o torna melhor do que os outros óleos.

Líquidos. Sempre devemos tê-los do lado durante a malhação. A água é o principal deles, claro. As bebidas isotônicas são interessantes apenas em atividades muito extenuantes, que podem provocar câimbras pela perda de sais minerais. Por atividade extenuante pense numa corrida de mais de 60 minutos, por exemplo.

Fica claro, então que, podemos melhorar o desempenho da malhação comendo.

Um resumo dos alimentos que devemos comer para malhar que destacamos aqui:

Suco de beterraba > Contribui para a liberação de óxido nítrico, molécula que dilata as artérias e eleva o aporte de sangue nos músculos. É indicado a corredores, nadadores, ciclistas e para quem faz musculação.

Como melhorar o resultado dos exercícios comendo.

 

Leia também:

Benefícios da musculação

Como malhar em casa

Como conseguir uma perda de peso saudável

 

 

 

Óleo de coco > Aliado a uma dieta equilibrada facilita a queima de gordura abdominal. O ácido láurico que contém, aumenta a absorção de cálcio pelos músculos e aprimora seu trabalho. Tomar 2 mililitro antes do treino.

coco

 

 

Leite em pó> O produto desnatado tem se revelado grande parceiro no ganho de massa magra para quem levanta peso. É rico no aminoácido leucina, que  acelera a recuperação muscular pós-treino.

 

Carne vermelha > Comparada às carnes brancas tem maior teor de ferro, vitaminas do complexo B, magnésio e cálcio que são nutrientes consumidos pelos músculos durante treinos intensos.

carne vermelha

 

Cúrcuma > É um tipo de açafrão com fortíssimo poder anti-inflamatório. Combate as lesões musculares após corridas longas. Uma colher das de café ou um pouquinho mais nas refeições já garante a recuperação.

 

Sementes > A chia e a linhaça fornecem proteínas se elevar a carga calórica da refeição. A linhaça é rica em vitaminas do complexo B, magnésio e zinco, essenciais para os músculos.

Chia

 

Gosta de malhar, de manter o corpo em forma e saudável? Parabéns!

Agora, dê atenção também aos alimentos que tornam o seu treino mais eficiente.

Turbine seu treinamento comendo bem!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3 “Ações Mágicas” para Você alcançar seus objetivos.

 

3 “Ações Mágicas” que são essenciais para Você alcançar seus objetivos.

1ª Ação

>Vontade
Tudo se inicia quando reconhecemos que precisamos ou queremos algo e colocamos toda nossa vontade nisto.

Ninguém pode nos obrigar a nada. Mesmo em situações extremas, sempre há uma escolha. E uma vez que sua vontade e determinação estejam voltados para esta escolha, nada pode te segurar a não ser você mesmo.

Por isso, a primeira coisa que você precisa para atingir o seu objetivo e colocar a sua vontade neste objetivo.

2ª Ação Mágica:

Ação
Mesmo que você já tenha tomado a decisão consciente de, por exemplo, perder peso, e tenha colocado toda sua vontade nisto… Ainda assim você precisa agir.

Não basta dizer que quer. Você temos que agir de acordo com o que deseja.
Todas as pessoas que conseguiram atingir seus objetivos, em algum momento, deram o Primeiro Passo… Elas assistiram vídeos, leram livros, observaram pessoas, criaram suas primeiras estratégias pessoais, fizeram algum curso…

Óbvio né?
Nem tanto, porque a grande maioria das pessoas quer atingir seus propósitos, mas não dá sequer esse primeiro passo neste sentido, fica apenas sonhando. Quantas vezes já não falamos ou ouvimos alguém falar: “Ah se eu pudesse!” “Ah se eu conseguisse!”,  “Ah se eu tivesse dinheiro para…”

E o que as impede de dar esse passo tão importante? Elas ficam esperando o momento perfeito para agir, para começar.

Só que este momento nunca chega, porque no começo nada é perfeito, por mais que você estude o assunto, pequenos ajustes sempre são necessários, mas você só vai saber o que é preciso ajustar se você começar, se tomar uma atitude e agir.

Mas eu sei também que não adianta simplesmente começar no escuro, sem qualquer direcionamento. É preciso estudar, pesquisar, buscar ajuda de quem já fez o que queremos fazer ou conseguir, contar com pessoas que possam nos incentivar e apoiar, enfim, fazer tudo que é preciso e possível para ter sucesso em alcançar o nosso propósito.
E por falar em  pessoas, aqui vai outra dica super importante:

Ignore pessoas negativas!

Sempre haverá pessoas que tentarão fazer você desistir e mudar de ideia. Não dê atenção para esse tipo de mentalidade, antes, procure a companhia de pessoas positivas e que desejam o melhor para você.

3ª ação:

> Consistência

Dar o primeiro passo é fundamental, mas muitas pessoas desistem no meio do caminho.

Haverá momentos em sua jornada, que você pensará em desistir. Às vezes é difícil lidar com pressão o tempo todo, seja ela qual for, principalmente quando estamos tentando alcançar algum resultado e nossas ações parecem não surtirem efeito.

 

 

Daí, a importância da Consistência, ou seja, da capacidade de continuar firme apesar das dificuldades.
Você não vai acordar amanhã e simplesmente perceber que aquilo que desejava  está 100% realizado da forma que desejou, pois além da sua preparação, precisa  perceber que há muitos detalhes a serem transformados ou aplicados a cada momento até alcançar o êxito.

Você pode até dar a sorte de conseguir resultados rápidos, mas se for para contar única e exclusivamente com a sorte é melhor jogar na Mega Sena.

Outra dica que pode ajudara manter a consistência:

É preciso que os seus motivos estejam ligados ao resultado que você pretende alcançar, porque é isso que lhe dará a motivação  necessária para continuar tentando. Portanto, saiba exatamente quais são suas razões mais  profunda.

Exemplo: Seu objetivo é emagrecer. Razões para isso: melhorar a saúde que é prejudicada pelo excesso de peso, ficar mais esbelta e  bonita, ficar mais ágil por estar em forma…

O que garantiu que todas as pessoas bem sucedidas tenham atingido o seu objetivo foi  o trabalho contínuo que elas fizeram.

Enquanto boa parte das pessoas desistem nas primeiras dificuldades, as pessoas bem sucedidas simplesmente se preparam para corrigirem-se e adaptarem-se, mas nunca pensam em desistir.

Se você praticar estas 3 ações mágicas para alcançar objetivos continuamente, se continuar  firme em seu propósito, uma hora ou outra o resultado vai acontecer . E quando acontecer, eu te garanto que você vai olhar para trás e ver que tudo o que foi feito valeu a pena.

Daí, é colher os frutos do seu empenho e das oportunidades que surgirão para alcançar a cada dia mais e mais objetivos, e propósitos, e sonhos realizados.

 

Assista a este vídeo com mais dicas para alcançar seus objetivos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tive bebê, e agora?

 

Tive bebê! E agora? Como voltar a ter o corpo de antes?

 

 

Depois do parto, é normal, e saudável, a mulher querer voltar a ter o corpo de antes da gravidez. Isso a manterá com a autoestima elevada e feliz com a nova vida de mãe.

Mas sabemos que nem todas conseguem  e infelizmente viverão frustradas por isso.

A boa notícia é que não precisa ser assim. É possível para todas as novas mamães voltarem a ter o corpo de antes da gravidez, desde que, tenham determinação e as orientações adequadas para isso.

Há alguns cuidados que precisam ser tomados quanto a como perder peso para não prejudicar nem  a mãe e nem a criança.

Vamos falar de alguns desses cuidados a serem tomados e dar algumas dicas de como atingir o  objetivo de voltar a ter o corpo de antes da gravidez sem traumas nem dramas.

> Não é aconselhável fazer dietas restritivas logo depois de ter o bebê.

Se você começar a fazer dieta logo após ter o nascimento, poderá afetar a produção do leite materno e atrapalhar a recuperação do seu corpo que, neste momento está precisando de toda a energia possível para a sua recuperação.

Lembre-se que seu corpo acabou de passar por uma experiência desgastante  e está sentindo a ausência dos hormônios da gravidez e isto pode ser muito cansativo.

Também, dietas rápidas não vão ajudar a recuperar nem manter seu peso a longo prazo e ainda vai tirar seu foco do que é mais importante no momento, seu filho.

Em outras palavras, regimes e dietas para emagrecer rápido geralmente baseiam-se em um corte abrupto de calorias, e podem provocar um grande estresse, tudo o que seu corpo não precisa neste momento.

Aliás, o estresse de não poder comer direito – por causa da dieta- somado ao novo papel como mãe, pode até causar aumento de peso devido a retenção de líquidos e ao aumento do hormônio cortisol.

A pergunta que você deve estar fazendo agora é: Então, o que eu posso fazer para voltar a ter o corpo de

antes da gravidez?

Como fazer isso de um jeito saudável em meio à loucura que é o dia a dia de uma mãe de bebê recém-nascido?

 

Leia as dicas a seguir. Elas poderão orientá-la quanto ao caminho a seguir para perder peso, voltar a ter a barriguinha sarada de antes e retomar o seu melhor corpo:

  • Evite manter na geladeira ou dispensa alimentos que você sabe que são prejudiciais e irresistíveis, como doces, massas, etc.

Ao contrário, abasteça a geladeira com frutas e legumes, carnes e peixes, castanhas, ovos, enfim, tudo que você sabe que faz bem à saúde.

 

amamamente para perder pesoAmamente!A amamentação ajuda a perder peso. Para produzir 700 ml de leite por dia o corpo da mulher pode gastar de 500 a 700 calorias.

Mas também dá muita fome, daí a importância de escolher bem o que vai comer.

Lembre-se: Comer bem é diferente de comer muito.

Sugestão: No início e no final de cada mamada, tome um iogurte ou um copo de suco.

 

 

 

  • Hidrate-se! Procure tomar bastante água durante todo o dia. Ela vai ajudar na produção de leite e deixar o estomago ligeiramente cheio, ajudando a controlar a fome. Sabia que, às vezes, a sensação de fome e devido à falta de água e não de comida?
  • Durma! Um estudo descobriu que as mães que dormiam pouco -5 horas ou menos – por noite tinham mais dificuldade para perder o peso ganho durante a gravidez em relação àquelas que dormiam sete horas por noite.

Isso acontece porque se o sono é insuficiente, o corpo libera mais cortisol e outros hormônios associados ao estresse que dificultam o emagrecimento e ainda promovem o ganho de peso.

Alem disso, se você está cansada, não faz questão de comer direito – vai procurar algo rápido e geralmente pouco ou nada saudável e também terá menos vontade de cuidar de si mesma, não terá energia para se exercitar, por exemplo.

Sim, não é fácil. Toda mãe sabe que é impossível dormir oito horas por noite com um bebê recém-nascido. Mas é importante que você durma o máximo possível, por isso, aproveite todas as oportunidades para descansar.

Aquele velho conselho de tentar dormir quando o bebê estiver dormindo é muito válido. Procure tirar o maior número de cochilos durante o dia e tente ir cedo para a cama.

passeio com o bebe ajuda emagrecer

 

  • Saia para passear com seu bebê. Das umas voltas com seu bebê no carrinho é uma boa forma de gastar calorias e tonificar o abdômen e ainda se distrair da rotina cansativa de casa; faz bem à mente e a auto estima.
  • Meia horinha de caminhada pode significar 100 calorias a menos.

 

 

 

  • Exercite-se! Essa dica não é opcional. Exercícios físicos são fundamentais para perder peso depois do parto.

Mas, atenção.  Nas primeiras  semanas, depois do parto, os exercícios devem se limitar a caminhadas curtas próximas de sua casa, nada que exija muito esforço. Se puder caminhar todo dia, levando o bebê, será muito bom.

Caminhada é um exercício de baixo impacto e fará bem para os dois pegarem um pouco de sol e ar fresco diariamente.

Após as seis semanas do parto você já poderá pegar mais pesado na malhação, desde que liberada pelo médico.

Jamais tome a decisão de fazer exercícios que exigem maior esforço sem conversar com seu médico antes!

Como já falamos, fazer exercícios físicos não é opcional, é fundamental para toda mãe. Ajudará não só a perder peso mas também a melhorar o humor, a saúde cardiovascular e a força muscular, além de aliviar o estresse e reduzir a depressão pós parto.

 

Ou seja: você ficará mais magra, com mais energia e mais feliz fazendo exercícios.

 

Nota: O conteúdo deste artigo não tem por objetivo substituir nenhum conselho médico, visa apenas condensar e divulgar informações que possam ser úteis para todos que procuram por tais informações.

 

 

 

 

 

 

 

 

Cuide bem dos seus músculos e viva melhor agora e no futuro!

Falar sobre músculo, musculação, massa muscular, soa como papo de viciados em academia, não é?

Mas a coisa não é bem assim: Um estudo da Universidade da Califórnia, Estados Unidos, mostra que cuidar dos músculos é algo primordial para envelhecer com saúde  e vigor. Os pesquisadores detectaram uma relação direta entre bons índices de massa magra e uma maior longevidade em 3.659 pessoas acima de 55 anos.

De acordo com este estudo, a perda gradual da massa muscular –conhecido como sarcopenia- diminui em muito a disposição e a autonomia da pessoa,  além de elevar o risco de quedas e fraturas.

E isso tem muito a ver com a qualidade de vida. Especialistas calculam, que a taxa de mortalidade após a quebra de um fêmur, por exemplo, chega a 40% após 12 meses do acidente. Isso mostra que além de ter ossos fortes, a musculatura também precisa estar forte para dar suporte aos ossos.

E tem mais: se a perda de massa magra vier acompanhada do ganho de gordura, a alteração na composição corporal predispõe a doenças como a diabete e a hipertensão.

Alguns fatores que levam a perda de massa muscular:

*Envelhecimento – com o tempo, ocorre uma redução na produção dos hormônios  (testosterona e GH) que fazem os músculos crescerem e os radicais livres danificam em maior grau as fibras musculares.

*Sedentarismo – A inatividade contribui para murchar a massa magra e altera a síntese dos hormônios que o mantém firme. Exercício físico, sobretudo a musculação, é determinante para evitar a perda estimulando a massa magra.

* Má alimentação – Se os músculos são formados basicamente por água, proteínas e glicogênio; a falta desses elementos no prato os faz ficar mirrados. A recomendação é investir em carnes, lácteos magros e leguminosas.

* Cigarro e álcool – Quem bebe e fuma apresenta um pior perfil de massa magra. O cigarro lesa os  vasos que nutrem os músculos.

* Anticoncepcional – Mesmo aqueles de baixa dosagem –  afeta a síntese de testosterona, favorecendo a perda da massa magra. Mulheres que o usam devem apostar em atividade física e dieta balanceada para contrabalançar esta perda.

* Corticoides – Esses remédios, de efeito anti-inflamatório, é um grande inimigo da massa muscular, principalmente, se usados sem critério. Orientação médica é primordial para evitar problemas aos seus músculos.

Com o  passar dos anos – em geral entre os 35 e 60 anos – nós podemos perder até 20 % da nossa massa magra. Isso é inevitável!

 

A boa notícia é que podemos atenuar os efeitos do tempo nos nossos músculos. O que podemos fazer?

Um trabalho da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul revela que há diferenças significativas entre a massa muscular de idosos ativos e sedentários. Diz o estudo: “O tecido muscular é mais íntegro e o percentual de gordura é menor entre aqueles que se exercitam”. Diz o autor do estudo, o educador físico Diego Allendorf: “Quanto mais cedo você começa a se mexer, mais lenta é a deterioração da musculatura”.

Duas coisas importantes a se fazer, então, para dar um “up” à nossa massa magra:

cuidar dos músculos para viver bem e por mais tempo

* Exercício Físico, principalmente a musculação.

* Dietas ricas em proteínas e suplementos também pode ajudar.

Não há dúvidas: se queremos viver mais e melhor precisamos nos mexer e ter uma alimentação equilibrada.

Como encontrar força e motivação para fazermos isso?

Essas dicas podem ajudar.

# Quantas vezes damos aquela velha desculpa de “eu quero, eu preciso fazer isso, mas não tenho tempo” A questão aqui é o foco, analisar e ver o que é realmente importante para nós. Se entendermos que  o tempo gasto em fazer atividade física e cuidar melhor da alimentação vai resultar em benefícios para a nossa qualidade de vida agora e, principalmente nos anos a frente, vamos dar um jeito de arrumar tempo para fazer o que precisamos fazer.

Pense comigo! Ir a academia gasta apenas uma horinha do seu dia. Alimentar-se bem, preparando a própria refeição em vez de comer qualquer coisa na rua também não leva tanto tempo. Podemos reservar um tempinho à noite e preparar a alimentação do dia seguinte ou prepara-la  durante o fim de semana e congelar se for difícil fazer durante a semana.

alimentação saudável prolonga sua vida

Shakespeare dizia: “Quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer”

# Tenha amigos que possam te motivar,  que tenham o mesmo objetivo que você. Isso vai ajudar muito, pois, assim você terá com quem compartilhar experiências, dar e receber motivação e força, ajudar em seus treinamentos e até lhe dar uns puxões de orelha se você começar a se desviar do seu propósito. Procure por pessoas que te motivam, porém, lembre-se que a principal motivação deve vir de dentro de você. Se você não for capaz de se motivar, ninguém poderá fazer isso por você.

 

 

 

 

# Seja paciente e não queira resultados rápidos. Eles não vão aparecer como mágica do dia para a noite. No corpo humano, as mudanças ocorrem de maneira sutil, passo a passo, mas com certeza acontecerão se você for persistente na busca do seu objetivo.

# Caia fora da sua zona de conforto! Todos nos buscamos o conforto. É típico do ser humano.

O problema é que na maioria das vezes, a zona de conforto em que gostamos de estar, dificulta o nosso progresso e até nos faz regredir nos nossos resultados já alcançados. Às vezes estamos cansados no final do dia e ficar esparramados no sofá vendo TV é bem mais cômodo do que ir a academia ou preparar uma alimentação saudável, mas a longo prazo, qual dos dois nos trará mais benefícios?

Isso não quer dizer que aquilo que precisamos fazer, tais  como alimentação saudável e treinamentos precisam ser uma tortura, porém não podem ser confortáveis demais.

Para progredir, nosso corpo precisa passar por processos de adaptação, sejam eles físicos, neurológicos, neuromusculares ou outro qualquer que esteja sendo trabalhado no momento. Essas adaptações significam progressão em cima de dificuldades e capacidade de superá-las mais facilmente na próxima vez em que for executada.

Sem essas adaptações não haverá resultados. Então, saia da zona de conforto. Não precisa se torturar, mas com equilíbrio e bom senso, torne seus treinamentos mais difíceis, não deixe a dieta ser tão fácil, opte pelo que precisa ser ingerido e não pelo que você quer ingerir.

São esses passos que te levarão ao sucesso!

# Sorria! Neste mundo maluco em que vivemos com tanta coisa negativa, estresse, mau humor… se nos deixarmos levar por isso tudo, se não sorrirmos ao menos algumas vezes por dia, nos tornaremos pessoas amargas e isso, com certeza, vai interferir em aspectos físicos.

Portanto, sorria para a vida! Viva! Desfrute! Ame! Fazendo assim o seu dia se tornará mais simples e mais dinâmico. Experimente e comprove!

Veja este vídeo sobre alimentos que aumentam os músculos:

Veja também o artigo: Benefícios da Musculação

 

 

 

 

Corpo Sarado Após o Parto

Ser mãe! Eis aí o sonho de toda mulher. E a felicidade, a alegria, o orgulho de ter o lindo bebezinho no colo não tem preço, não é mamãe?

Mas pensando bem, há um preço sim! Aquela barriguinha que após o parto insiste em permanecer. Alias, é a parte do corpo que mais demora ou, talvez – se não houver um empenho sério da mamãe para resolver isso –  muitas vezes, não volta mais ao normal.

E mesmo com toda a felicidade da nova mamãe, não há mulher que após dar à luz, não deseje voltar a ter o corpo sarado de antes. Isso, inclusive ajuda muito para manter a auto-estima da mulher que se tornou mãe.

Sabia que um dos motivos da depressão pós parto é por causa das transformações no corpo? A mulher percebe que o tempo passa, termina o período de amamentação e ela continua com o peso adquirido durante a gravidez e ai surgem aqueles pensamentos negativos:  Será que meu marido vai me amar e me querer como antes?  O que minhas amigas comentam sobre mim ao ver como estou agora…?

Eu me lembro de duas histórias reais que presenciei sobre mulheres após dar a luz que mostram a importância de se cuidar após os filhos para voltar a ter o corpo sarado de antes – ou até melhor.

Éramos colegas de trabalho. Ela era uma moça linda, loira, corpo perfeito, simpática e com muito senso de humor. E paquerada e desejada por todos os homens que a conheciam, é claro.

Alguns anos depois de termos trabalhado juntos, eu a encontrei em um supermercado e quase não a reconheci. Andava com dificuldade, lentamente, ofegante. Estava super obesa e percebi que ficou um pouco sem graça ao me encontrar. Sinceramente me deu pena de encontra-la naquela situação.

Compare com esta outra história:

Ela acabara de ter seu primeiro filho. Estávamos na sala, eu e a irmã dela,esperando que ela se arrumasse, pois íamos sair juntos. Quando ela apareceu após se arrumar o comentário da sua irmã foi: “Nossa!  Vestiu a roupa de antes da gravidez. Nem parece que acabou de ter um filho!” Imagine o sorrisão disfarçado da mamãe ao  ouvir isso.

Ela teve sorte de manter o mesmo corpo de antes, o que não aconteceu com a mãe da primeira história.

A questão então é:

Será que é possível ficar sarada após o parto?

SARADA APÓS A GRAVIDEZ

Ou será que isso só acontece com as celebridades cheias da grana?

Seria possível para as mulheres “normais” terem um corpo perfeito após a gravidez?

E a resposta é animadora!

Sim, é possível. Uma mãe de dois filhos criou um programa fácil, rápido e eficiente para ajudar a você que é mãe a ter o corpo sarado que deseja mesmo após os filhos.

E, sem dúvida, a criadora deste programa tem competência para isso, pois além de ser mãe também é formada em educação física e  especialista em auxiliar mães  no processo de emagrecimento após o parto.

Veja o que ela diz sobre isso:

“Sei muito bem o que é isso, sou mãe de duas crianças e tempo no meu dia é o que não sobra desde que o meu primeiro filho nasceu.

Foi exatamente por isso que criei o Mamãe Sarada para ajudar outras mães como eu, que não tem tempo para se dedicar a si mesmas a conseguirem voltar a ter o corpo que tinham antes da gravidez.

Nesse programa eu coloquei exatamente o treino e rotinas de exercícios que me ajudaram a estar hoje em minha melhor forma, mesmo depois de duas gestações. E agora você terá a chance de ter acesso a ele e fazer no conforto da sua casa.” Gabriela Cangussú, criadora do programa Mamãe Sarada.

Ou seja, ela descobriu e usou em si mesma o próprio método que lhe devolveu o corpo sarado após o parto, viu que funciona e agora apresenta a todas as novas mamães que desejam se tornar “saradas após o parto”.

Porque este Programa funciona?

*O método aplicado garante maior perda de calorias em pouco tempo.

*Oferece exercícios exclusivos para mulheres que deram à luz, os quais focam nas  regiões mais afetadas pela gravidez, como barriga, bumbum e pernas.

*Falta de tempo. É claro que o tempo de quem tem um bebê fica bem reduzido, não é mesmo? Isso não é problema para praticar o programa do Mamãe Sarada, pois você poderá fazê-lo em sua própria casa, enquanto cuida do seu bebê, sem precisar ir a academia, sem precisar de aparelhos ou equipamentos específicos. O único aparelho que você usará, será o seu próprio corpo. Todo o treinamento é focado no peso do seu próprio corpo.

A metodologia do programa Mamãe Sarada

As aulas são demonstradas de uma maneira que garantem que o programa de exercícios seja possível para todas, não importa em que condições físicas se encontrem porque é dividido em níveis crescentes de intensidade para que até que mesmo as mamães sedentárias possam evoluir tranquilamente.

No primeiro mês você fará exercícios de ativação que vão dar estabilidade e força para o seu corpo suportar com tranquilidade os exercícios mais pesados  do segundo mês.

Quero dizer: para você conseguir alcançar o resultado que deseja o mais rápido possível, em todas as aulas há dois níveis de exercícios: um mais fácil e um mais difícil. Assim, independentemente de se você  faz ou não atividade física, conseguirá fazer as aulas do início ao fim e evoluir durante o programa.

Imagine: com dedicação e 14 minutinhos por dia, praticando o “Mamãe Sarada” você poderá se olhar no espelho e ter orgulho do corpo que vê.

Bom demais isso né?  Então não perca tempo.

Saiba mais sobre o  Mamãe Sarada clicando aqui.

 

Leia também: Tive bebê! E  agora, como voltar a ter o corpo de antes?

Controle de peso sem dietas

Quando se fala em emagrecer, qual é o primeiro pensamento que vem a mente das pessoas? Dieta. E dietas temos aos montes por aí, não é mesmo? Todos tem uma receita infalível, perfeita. E  se pesquisarmos na internet, encontraremos milhões delas por aqui.

Entretanto, são pouquíssimas pessoas que obtém bons resultados com dietas. Por que será que isso acontece?

Será que é possível manter o controle de peso sem fazer dietas?

Por que 95% das pessoas falham nas suas tentativas de controlar o peso com dietas?

 

Dieta é sinônimo de “cortar calorias”. É o que vemos nas revistas, jornais, programas de TV, etc.

Muitos defendem fortemente a ideia de que tudo se resume, realmente, à quantas calorias

você come e quantas você gasta. Se comer mais do que gasta, engorda, se comer menos do

que gasta, perde peso.

Este é um dos grande motivos, pelos quais, tentar controlar o peso por meio de dietas transforma-se em frustrações. Poquê?

Você, uma pessoa de boa fé, decide ler a sua revista de saúde favorita em busca de

uma solução para perder peso. Bem provavelmente, você irá achar algo que sugira

hábitos como começar a comer 500 kcal a menos por dia, etc..

“Faz sentido!”, você pensa. Eles dizem que meio quilo de gordura corporal equivale à 3500

kcal, logo, se você comer 500 kcal a menos por dia, no final de uma semana você terá

queimado exatamente meio quilo de gordura.

Nota: É interessante notar que não existe comprovação nenhuma de que 0,5kg de gordura

equivale à 3500kcal. Zoë Harcombe, autora do livro Obesity Epidemic fez sua própria jornada

atrás de uma comprovação para esta informação, porém, foi infeliz em encontrar algo que

fizesse sentido.

Quantas pessoas que seguem este tipo de estratégia diariamente se frustram a cada minuto?

Emagrecer não é puramente comer menos calorias!

O corpo não é um sistema fechado! Você transpira, respira, etc., ou seja, seu corpo

está em constante interação com o meio e é um organismo extremamente adaptável e muito eficaz em um grande objetivo: sobrevivência

Acontece então que, quando você decide seguir a dieta da revista, comendo 500 kcal a menos por dia e se matando na academia, fazendo esteira, por exemplo, o que o seu corpo está pensando?

“Opa! A comida do mundo está acabando e agora eu preciso usar de

forma econômica e inteligente meus estoques de gordura, caso contrário, posso morrer se

isso continuar por muito tempo!”.

Seu corpo dá um toque na sua glândula tireóide, a qual, controla o metabolismo, e ela reduz

o mesmo para um ritmo mais lento, ou seja, para que gaste menos calorias.

 

Além disso, seu corpo sabe que seus músculos são tecidos caros de se manter, pois eles são metabolicamente ativos!

Logo, como o corpo está em regime de economia de energia, ele não pode ficar mantendo músculos demais e que não estão sendo usados, logo, começa a queimar seu tecido muscular de forma a reduzir a necessidade calórica do seu corpo.

Agora, seu corpo aumenta a sensação de fome, mandando um sinal para que você encontre comida urgente! Aí, você, morrendo de fome, decide seguir firme na sua dieta e vai pra academia correr. Pelos bigodes dos profetas, quem, em pleno juízo, faria isso?

É exatamente isso que seu corpo pensa. Ao fazer isso, para garantir sua própria sobrevivência, seu corpo se autorregula para consumir realmente o mínimo possível de energia para executar o exercício e para aumentar a sensação de fome por alimentos densos em calorias, como doces, massas, etc. A situação agora está difícil.

Você, seguindo neste programa por um tempo, nota que está se sentido fraco (a), faminto (a) e que já não está perdendo mais peso! Você se frustra muito! Os mais fortes insistem em continuar e tomam a brilhante decisão de aumentar ainda mais os exercícios ou diminuir ainda mais a ingestão calórica para ver se perdem mais peso, agravando muito a situação.

Como disse anteriormente, o corpo é mestre em cuidar da própria sobrevivência e, em certo momento, vai adaptar tudo para que consiga parar de perder peso e queimar seus estoques, mesmo enfrentando esta rotina maluca que você decidiu levar. Como você é um ser humano e não o homem-de-ferro, chega um momento, no qual, você vai sucumbir à este masoquismo todo e não terá mais motivação e determinação para lidar com fome e cansaço contínuo. Você voltará a comer, voltará a se alimentar normalmente.

Seu corpo, agora, está extremamente bem preparado para receber e estocar toda a comida que vier, enquanto, continua a gastar energia de forma muito econômica. O resultado disso você, provavelmente, já sabe, ou seja, você irá ganhar peso mais facilmente do que antes e irá, agora, ter como resultado, uma composição corporal pior do que antes, ou seja, com mais gordura e menos músculos.

E quando tudo isso acontece, muitos imaginam que aquela dieta não funciona e vão procurar outra que seja mais eficiente, aquela que agora está na moda e todos falam dela e com o passar do tempo, mais uma vez só acontece a frustração de não conseguir controlar o peso com dietas.

Aqueles que insistem e se punem em longas horas na academia, enquanto, comendo que nem passarinho, podem ficar felizes no começo, quando sobem na balança e vêm que perderam 5, 6, 7 kg em um mês, porém, poucos sabem que a maioria deste peso foi oriundo de água e músculos perdidos e que, somente uma pequena parte, foi oriunda de gordura queimada.

Perder músculos, quando você está tentando emagrecer, é a pior coisa que você pode fazer

 

Outra falha gigantesca que a maioria das pessoas fazem por quererem resultados rápidos e fáceis para emagrecimento é querer cardápios prontos para seguirem de olhos fechados.

Muitas dietas por aí fornecem cardápios prontos, e enganados pela falsa impressão de que seguir um cardápio pronto e detalhado será a solução, estas pessoas se enchem de força de vontade e começam a seguir, religiosamente, as refeições sugeridas, sem ter a menor preocupação com o porquê de cada coisa que estão fazendo.

 

Você mesmo(a) já deve ter sentido na pele o que é se frustrar ao seguir um desses métodos tão comuns.

Sugestões de cardápios podem, sim, serem úteis como parte do todo, como guias, porém, jamais devem resumir todo o seu esforço na busca do que você mais quer no emagrecimento.

Não siga dicas e sugestões de olhos fechados, preocupe-se em saber o porquê de cada coisa. Quando começar a fazer isso, verá que a maior parte do que é dito por aí nestes cardápios prontos é pura balela que irá te levar na contramão do que realmente quer.

Uma conclusão simples e direta que podemos tirar de tudo que falamos aqui é que, pela soma de um conjunto de fatores psicológicos e fisiológicos, é possível afirmar que, no médio e longo prazo, dietas engordam.

Os sistemas de sobrevivência do corpo são muito avançados e nós, simplesmente, não conseguiremos passar a perna neles.

Logo, precisamos nos aliar a eles, entendendo como funcionam e contar com esta ajuda para conquistarmos, de uma vez, a boa forma. E isso tudo você pode aprender: emagrecimento correto, inteligente, natural, eficaz e sem sofrimento.

Milhares de pessoas já atingiram seus objetivos de boa forma seguindo um  método que está alinhado com o que os grandes e verdadeiros experts em saúde e boa forma da atualidade sugerem e praticam É uma nova forma de pensar e agir que foge ao senso comum e, por isso, trás resultados impressionantes. E o que é melhor: o resultado não será apenas no controle do peso para emagrecer, mas será também na sua saúde, pois você aprenderá a se alimentar da forma correta e não apenas a cortar alimentos importantes, como nas dietas.

Se foi interessante para você, conheça o Emagrecer De Vez e aprenda a controlar o seu peso e emagrecer com saúde e sem sofrimento com dietas.



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Correr para Emagrecer.

O tão sonhado emagrecimento pode ser conquistado de diversas maneiras, dentre elas, com a corrida. Em uma hora de corrida podem ser queimadas, aproximadamente, 700 calorias, além de auxiliar na diminuição do apetite e na queima de gordura.

É claro que para se motivar, é melhor praticar uma atividade de que se goste que lhe dá prazer e a motive, porque a perda de peso vem da persistência e repetição dos treinos e é preciso estar focada para suportar.

Como nem todos gostam de frequentar academia, talvez a corrida possa ser uma boa opção.

Vantagens de correr

Começa pelo fato de que você só precisa de uma roupa simples e leve e pouco metros, se for o caso. Correr provoca muita queima de calorias, mais do que somente fazer musculação, por exemplo. Ainda existem indícios de que correndo regularmente, o seu gasto calórico pode aumentar de forma significativa.

Você irá aprimorar o fôlego, o que faz com que seu corpo todo funcione melhor no geral. Além disso, obviamente, você trabalha muito a musculatura das pernas diretamente, assim, como outras partes em menor proporção.

O que preciso saber sobre correr

 

Não adianta fazer corpo mole, o segredo está na intensidade, tempo e no seu condicionamento atual. Uma pessoa pesada, que corre menos de meia hora, oito quilômetros por hora, perde menos da metade de calorias que alguém que corre o dobro do tempo na mesma velocidade.

Outro detalhe importante é a frequência. Correr uma vez por semana, não emagrece e, de acordo com alguns especialistas, pode até fazer mal. Corra todos os dias, ou pelo menos três vezes por semana. Você precisa de rotina se quiser resultados. Por isso, programe seu treino de maneira completa.

Assim que for evoluindo, atribua a você mesmo novos desafios. Tente superar seus tempos, distância, e tenha as consequências de um corpo muito mais saudável. Comece com corridas leves. Talvez até uma caminhada mais rápida seja interessante no inicio. Com a prática, crie metas e percursos, sempre alternando a intensidade da corrida. O que pode lhe garantir menos paradas, e um treino mais continuo. Fortaleça seu corpo e ganhe resistência primeiro.

Se for possível, é importante planejar esse treino com um profissional adequado, para melhor aproveitamento, escolhendo o melhor percurso e melhor local para prática. Para isso, existem vários métodos, dentre eles corridas curtas, corridas longas, e também algumas etapas que devem ser seguidas.

 

Falando um pouquinho sobre os tipos de corrida:

Corridas curtas: são mais rápidas, aumentam bastante o metabolismo e o consumo de gordura, auxiliando mais especificamente na perda de peso.

Corridas longas: são constantes, mas com velocidade lenta a moderada, com um longo percurso, melhoram o condicionamento físico e auxiliam no emagrecimento, de forma gradativa.

Subidas: são corridas em subidas, de pequena duração.

Tiros: é a forma mais simples de trabalhar a velocidade. Ao longo da atividade, o indivíduo pode variar o ritmo.

Séries: consiste em dividir o treino em grupos de distâncias e realizar diferentes repetições. Como, por exemplo: podem ser longas (1500 m) ou médias (entre 600 e 1500 m), podendo ser variadas a velocidade e intensidade.

Existem alguns procedimentos que ajudam na preparação para corrida, que são:

Alongamento: ajuda a prevenir contusões musculares e cãibras, por exemplo. É ele que permite o aquecimento do corpo e prepara os músculos para o exercício. A flexibilidade e o fortalecimento trazidos pelo alongamento ajudam na perda de peso, facilitando-a.

Respiração: desde os primeiros minutos, é muito importante manter uma boa respiração para ajudar o corpo durante a prática da atividade.

 

A alimentação também é importante.

 

O consumo de alimentos deve estar alinhado ao treinamento como complemento no auxílio da perda de peso. É importante consumir alimentos saudáveis para manter o ritmo da corrida e o corpo forte, do início ao fim do exercício.

Comece reduzindo o sal, diminua a quantidade de alimento, e aumente o número de refeições. Evite os açúcares, a gordura, privilegie pratos coloridos. Opte por carboidratos à base de farinha integral, fibras, peixe e vitaminas.

Abaixo, alguns alimentos benéficos para a hora da corrida:

Feijão: Fonte de proteínas e fibras colabora para a perda de peso, acelerando o metabolismo. Por conter altas índices de amido, o feijão também dá mais energia ao corpo.

Pimentas: também promovem o aceleramento do metabolismo, além de inibir o apetite constante.

Ovo: o alimento ajuda na reparação e na recuperação muscular, pois contém vitamina K, fundamental para a saúde óssea.

 

Chocolate amargo ou meio amargo: O cacau possui uma substância denominada flavonoide, presente em chocolates com características amargas. Ela possibilita um aumento da circulação sanguínea, facilitando a perda calórica, além de trazer uma sensação de bem-estar, o que motiva o indivíduo para a posterior atividade física.

Outros alimentos saudáveis para a sua rotina. Iogurte grego, salmão, arroz integral, limão, bananas, e muitos vegetais, precisam estar no seu cardápio.

 

Água: o consumo dela é fundamental, porque é dela que o corpo precisa para quase todas as funções, inclusive para a liberação de energia e o controle de temperatura. Durante a corrida é necessário que se beba ainda mais. No verão, por exemplo, seu corpo pode perder quase 2 litros de água por hora pela transpiração, o suficiente para prejudicar seriamente seu desempenho. Por isso, hidratar-se antes e depois da prática de qualquer atividade física, inclusive a corrida, é imprescindível.

 

Corrida Emagrece

Importante:

 

 

Não é porque você sabe que a corrida emagrece que vai sair correndo agora, assim que terminar de ler esse texto. Antes de tudo verifique a sua saúde, procure um médico. Você precisa saber em que condições de saúde se encontra e, logo, qual o ritmo que você pode exigir do seu corpo.

Faça testes, exames, e siga as recomendações do especialista. Inclusive, se uma delas for o acompanhamento de um treinador físico. Ele irá preparar o seu treino de acordo com os resultados da avaliação médica.

Uma última dica: Para avaliar se o seu condicionamento físico está melhorando após começar a correr faça o mesmo percurso todas as semanas para verificar em quanto tempo consegue termina-lo porque assim é possível medir a evolução semanal.

Se você levar a sério, aos pouco perceberá a melhora n o seu condicionamento físico e  com o tempo a corrida se tornará um vício salutar do  qual você não deixara mais de praticar

 

Por causa das tecnologias, das facilidades do mundo moderno que facilitam muito nossas vidas, algumas vezes nos esquecemos de que somos  um animal e não damos  atenção para o potencial físico que podemos desenvolver com o simples atos de correr.

Benefícios da Manga

Quem não gosta de uma manga com a polpa bem amarelinha, doce, e saborosa? Creio que a maioria de nós, não é mesmo? Ah, e tem aqueles que gostam dela verdinha com sal né?

Eu, pessoalmente, gosto muito da manga Palmer que é muito saborosa e fácil de ser encontrada no mercado.

Mas o melhor de tudo é que, além de ser gostosa, a manga traz muitos benefícios para a saúde.

Vamos falar de alguns deles  aqui e também deixar uma receita de milk-shake de manga, fácil de fazer.

 

A Manga é uma fruta universal, consumida em todo o mundo. Além de deliciosa, ela atua como um refrigerante natural no verão. Está  disponível no mercado com diferentes gostos e sabores. Geralmente são consumidas cruas e são saboreadas em saladas frescas e sucos.

Benefícios Nutricionais da Manga:  A Manga fornece cerca de 60 calorias por 100 gramas do seu consumo. Contém uma série de nutrientes como carboidratos, fibras, Antioxidantes e vitaminas, tais como Vitamina A, vitamina B, Vitamina C, Vitamina E e Vitamina K.

 

Graças à alta quantidade de ferro que contém, a manga é indicada para tratamentos de anemia e é benéfica para as mulheres grávidas e em períodos de menstruação. Pessoas que sofrem de câimbras, stress e problemas cardíacos, podem se beneficiar das altas concentrações de potássio e magnésio nela existentes.

Também auxilia àqueles que sofrem de acidose. Há relatos de que as mangas suavizam o intestino, tornando mais fácil a digestão. Na Índia, onde a manga é a fruta nacional, acredita-se que as mangas estancam hemorragias, fortalecem o coração e trazem benefícios ao cérebro.

É também utilizada em afecções pulmonares (bronquite asmática, bronquite catarral e tosse), Gengivas inflamadas (gengivites, feridas na boca e no canto dos lábios

Benefícios na prevenção de câncer: A manga é uma excelente fonte de antioxidantes como a quercetina, isoquercitrina, astragalin, fisetina, ácido gálico, além da vitamina A e flavonoides, beta-caroteno.

Esses antioxidantes ajudam na proteção contra os radicais livres prejudiciais e suprimem o processo de oxidação. Por ser  uma rica fonte de fibra dietética e conter pectina, que restringe a ação de uma proteína chamada galectina 9, conhecido por provocar o crescimento de células de câncer, ela ajuda na redução do aparecimento de câncer de cólon e mostrou-se eficaz na prevenção de câncer de pulmão e de boca.

Manga

 

Benefícios Da Manga Para Digestão: A Manga é uma excelente fonte de fibra dietética que ajudam  na digestão e a manter o trato digestivo limpo. Além disso, As mangas são alcalinas na natureza, portanto, ajuda na redução da acidez no estômago. Vários compostos bio-ativos como  terpenos e aldeídos fazem a Manga ainda mais benéfica contra a indigestão.

 

Benefícios para o Colesterol: A Manga é rica em fibras que ajuda na redução do colesterol ruim no sangue. Também ajuda a restringir as atividades de um hormônio chamado leptina, que produz células de gordura. A Vitamina C é uma pectina que auxilia na redução do colesterol LDL no corpo. A Vitamina B6 presente na Manga ajuda a controlar os níveis de homocystiene que é conhecido por ser prejudicial aos vasos sanguíneos e podem provocar ataques cardíacos e derrames.

Os antioxicidantes polifenois impedem o acúmulo de gordura nas artérias

 

A Mangiferina é um composto da manga que diminui o colesterol, triglicérides e colesterol de lipoproteína de baixa densidade e aumenta o bom colesterol HDL.

Benefícios da Manga Para o Cérebro: A Vitamina B6,  encontrada em abundância na manga ajuda a melhorar a função cerebral e na manutenção do sistema nervoso. Com isso irá melhorar o humor e ajudar a controlar o estresse.  É conhecida como o construtor de energia e ajuda na construção da comunicação entre células nervosas.

O ácido glutamina melhora o poder de concentração e memória. A Piridoxina ajuda na produção da hormona de GABA no cérebro, que é um neurotransmissor e ajuda no desenvolvimento cerebral.

Ajuda emagrecer. A manga é uma fruta de baixa caloria e excelente fonte de nutrientes de forma concentrada. Por isso ela pode  ser uma boa e saudável substituta  para qualquer lanche da tarde. Com seu Alto teor de fibras ajuda na digestão, além de não conter qualquer traço de sódio e de gordura. Sendo assim, o consumo da Manga irá lhe deixa saciado por um longo tempo e dessa forma contribuir para a perda de peso

 

Benefícios da Manga para Diabetes: A Manga é bastante benéfica na regulação do nível de açúcar no sangue, pois a Mangiferina, antioxidante presente na manga reduz a absorção de glicose no corpo e restringe enzimas que aumentam a digestão de hidratos de carbono. Além disso, os Polifenóis mostraram ser eficaz na redução dos níveis de açúcar no corpo. A Manga tem também um baixo índice glicêmico e, portanto, podem ser consumida sem interromper o nível de açúcar.

Benefícios da Manga Para a Pele: É bastante benéfica para a Saúde da pele. Os antioxidantes que ela possui são um dos principais nutrientes para retardar o início do envelhecimento da pele e pigmentação, e a vitamina C ajuda na cicatrização de espinhas e acne.

A polpa pode ser aplicada diretamente sobre a pele, e vai atuar como um agente hidratante natural. Os antioxidantes são responsáveis por proteger contra os radicais livres nocivos que podem causar câncer de pele. A vitamina A e beta-caroteno ajudam no rejuvenescimento e traz brilho para a pele.

 

Já que a manga é tão benéfica para  a  nossa saúde, que tal fazer um Milkshake com ela?

Veja a receita aqui e também no vídeo:

Ingredientes:

smoothie-790710_640

– 1 e 1/2 xícara manga picada em cubos

– 1 banana picada e congelada

– 2 xícaras de iogurte natural ou leite de coco (ou até fica cremoso, vá adicionando aos poucos)

– 1 colher de chá de açúcar demerara caso ache necessário

– 2 folhas de hortelã

 

Faça assim:

Coloque a manga, a banana para congelar por 6 horas.

Após esse tempo, bata no liquidificador acrescentando o iogurte aos poucos e também a hortelã e o açúcar, se quiser, até ficar cremoso.

Como fazer Ghee – manteiga saudável e sem lactose

 

Ghee é um tipo de manteiga clarificada, muito usado na culinária indiana, feito com leite de vaca ou de búfula. É considerada uma gordura mais saudável do que a manteiga comum tendo diversos benefícios para a saúde É muito semelhante à manteiga de garrafa brasileira .

São alguns dos seus benefícios da manteiga Ghee

 

  • equilibra a acidez gástrica;
  • distribui e conduz os nutrientes para todos os tecidos do organismo com maior eficácia;
  • estimula o metabolismo. Os alimentos são mais bem digeridos e absorvidos, evitando formação de toxinas oriundas de restos alimentares, além de auxiliar em sua queima;
  • nutre camadas mais refinadas do sistema nervoso, expandindo memória e capacidade de aprender;
  • contribui para a resolução de problemas de fertilidade;
  • alivia e fortalece o fígado e rins.

Referências: wikipedia 

Canal recomendado: Projeto Vida Toda

Dicas e Receitas para Emagrecer de Modo Saudavel